Índices dos EUA caem após impasse em discussões orçamentárias

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 20:05 BRST
 

Por Gabriel Debenedetti

NOVA YORK, 21 Dez (Reuters) - As ações norte-americanas fecharam com baixa nesta sexta-feira, após um plano republicano para evitar o "abismo fiscal" falhar em angariar apoio suficiente na noite de quinta-feira, minando esperanças de que um acordo seja firmado antes de 2013.

Segundo dados preliminares, o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,91 por cento, para 13.190 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 0,94 por cento, para 1.430 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,96 por cento, para 3.021 pontos.

Ainda assim, as ações conseguiram rebater as mínimas do dia perto do término do pregão, e, no acumulado da semana, os principais índices acionários registraram variação positiva. O Dow Jones acumulou alta de 0,4 por cento, o S&P 500 teve valorização de 1,2 por cento e o Nasdaq subiu 1,7 por cento no período.

As negociações foram voláteis nesta sexta-feira, com a erosão da confiança na perspectiva de um acordo em Washington, e em parte devido à expiração trimestral de opções e contratos futuros. O índice CBOE de volatilidade, ou VIX, termômetro da ansiedade do mercado, encerrou abaixo de sua máxima no dia.

O presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, o republicano John Boehner, não conseguiu reunir votos suficientes até mesmo em seu próprio partido para aprovar seu "plano B" ao abismo fiscal na noite de quinta-feira.

Foi o mais recente obstáculo em negociações para evitar cerca de 600 bilhões de dólares em aumentos de impostos e cortes de gastos que, segundo alguns analistas, pode derrubar a economia dos EUA para uma nova recessão no próximo ano.

"O fracasso do 'plano B' foi decepcionante, se não surpreendente, mas agora há uma verdadeira falta de clareza sobre o que vai acontecer, e os mercados odeiam isso", avaliou o diretor de gestão de investimentos do Morgan Creek em Chapel Hill, Carolina do Norte, Mike Hennessy.

(Reportagem adicional de Ryan Vlastelica e Leah Schnurr)