Vale pode vender participação na unidade de contêiner Log-In

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 14:45 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 27 Dez (Reuters) - A brasileira Vale SA, segunda maior mineradora do mundo, pode vender sua participação de 31 por cento na Log-In Logística Intermodal SA, como parte dos esforços da empresa para levantar fundos para seus investimentos prioritários, disse um porta-voz da Vale nesta quinta-feira.

O porta-voz confirmou uma reportagem do jornal Valor Econômico que afirmava que a participação da Vale na Log-In equivale a cerca de 217 milhões de reais, de acordo com os atuais preços do mercado.

A Log-In opera navios costeiros de contêineres e serviços de transporte, um porto de contêiner em Vitória, uma frota de caminhões e instalações para mover contêineres entre caminhões, trens e navios.

Enquanto a venda está sendo analisada, ainda não foi tomada nenhuma decisão de vender a fatia na empresa, disse o jornal.

A Vale está se esforçando para vender ativos "não vitais" e de baixo desempenho para financiar uma grande expansão de seu principal negócio de minério de ferro.

A Log-In é uma das principais transportadoras domésticas de cargas e fornece importantes ligações marítimas entre algumas da principais cidades do país. Foi criada em 2007, quando a Vale vendeu a maior parte de sua unidade de contêineres.

As concorrentes da Log-In incluem a Aliança, unidade brasileira de transporte alemã Hamburg Süd Line, e a Mercosur Line, unidade de transporte na América do Sul da dinamarquesa Maersk Line, maior empresa mundial de transporte de contêineres.

Em uma operação separada, a Vale planeja vender uma participação na VLI SA, empresa que detém as ferrovias e os principais portos da mineradora, para um parceiro estratégico, disseram executivos da empresa no início deste ano.

As ferrovias e portos operados pela Vale estão focados no transporte de minério de ferro e outras commodities, como a soja.

As ações preferenciais da Vale, o tipo mais negociados das ações da empresa, operavam em baixa de 0,12 às 14h36, após uma alta mais cedo. As ações da Log-In subiam 3,8 por cento no mesmo horário. O índice Bovespa caía 0,8 por cento.

(Reportagem de Jeb Blount)