Bolsa mantém previsão para safra de soja da Argentina

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 19:12 BRST
 

BUENOS AIRES, 27 Dez (Reuters) - A perda de áreas destinadas ao plantio de soja em 2012/13 na Argentina, após vários meses de chuvas excessivas, poderá ser compensada por um aumento tardio no cultivo com a oleaginosa, disse quinta-feira a Bolsa de Cereales de Buenos Aires, que manteve a sua previsão para a safra.

O país sul-americano, maior exportador de óleo de soja e farelo, sofreu com tempestades que deixaram os campos debaixo d'água e impossibilitaram os trabalhos de plantio em muitas áreas.

Mas a instituição afirmou que ainda há tempo para ser atingida a previsão de plantio de 19,7 milhões de hectares.

Até quinta-feira, os agricultores da Argentina tinham plantado 80,1 por cento da área prevista para a soja em 2012/13, representando avanço de 6,5 pontos percentuais na última semana, mas ainda um atraso de 0,5 ponto ante o ritmo da mesma época da temporada anterior.

De acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA, a safra de soja 2012/13 da Argentina seria de 55 milhões de toneladas.

(Por Maximiliano Rizzi)