Vendas de Natal no Brasil ficaram em linha com esperado, diz Goldman

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012 11:01 BRST
 

SÃO PAULO, 28 Dez (Reuters) - As vendas do varejo brasileiro no período de Natal devem ter ficado em linha com as estimativas traçadas, com crescimento real ao redor de 5 por cento, afirmou o Goldman Sachs em nota nesta sexta-feira, citando dados já divulgados por varejistas e por associações do setor.

"As vendas de fim de ano ficaram bastante em linha com as expectativas já revisadas, com crescimento de cerca de 5 por cento em termos reais", afirmaram os analistas, acrescentando que as vendas se concentraram na segunda quinzena deste mês.

A equipe do Goldman assinalou que varejistas de vestuário como Lojas Renner e Marisa Lojas registraram os maiores aumentos de vendas, com alta de dois dígitos em termos comparáveis (vendas mesmas lojas).

Já no caso do Grupo Pão de Açúcar, maior varejista do país, os analistas citaram "certa decepção quanto ao movimento em algumas lojas" expressada por executivos da companhia.

(Por Vivian Pereira)