Moody's diz que novas medidas são necessárias para salvar rating dos EUA

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013 19:43 BRST
 

NOVA YORK, 2 Jan (Reuters) - Os Estados Unidos devem fazer mais do que as recentes medidas aprovadas para evitar o "abismo fiscal" se o país pretende retomar a perspectiva estável para o seu rating, disse a agência de classificação de risco Moody's Investor Service nesta quarta-feira.

O acordo orçamentário, elaborado para evitar um conjunto de aumento de impostos e cortes de gastos potencialmente devastador, esclarece a trajetória de médio prazo para o déficit e a dívida do governo federal, disse a Moody's em nota.

"Mas, contudo, não dá as bases para uma melhora significativa na relação da dívida no médio prazo", disse Moody's.

A agência disse que espera mais medidas orçamentárias nos próximos meses "que possam resultar em déficits orçamentários menores no futuro, que são necessários para que a perspectiva negativa do rating dos títulos do governo volte para estável. De outro lado, a ausência de novas medidas para reduzir o déficit pode afetar o rating negativamente".

A Moody's classifica a dívida norte-americana como Aaa, com perspectiva negativa.