Freepoint financia mina de ouro da Brazahav em Mato Grosso

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013 07:14 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - A Freepoint assinou o seu primeiro contrato de financiamento de mineração de metais desde que a companhia, sob a gestão de ex-altos executivos da Sempra, entrou no segmento de trading de metais, há seis meses.

A notícia vem à tona duas semanas após a trader norte-americana ter feito a primeira aquisição no setor de petróleo e gás como parte da estratégia do presidente-executivo, David Messer, de criar uma operadora de commodities físicas.

Como parte dos termos anunciados nesta quarta-feira, a unidade Freepoint Metal & Concentrates vai financiar o desenvolvimento e a expansão da mina de ouro Salinas, da canadense Brazahav. A trader norte-americana receberá, em troca, todo o ouro e prata produzido na mina, perto de Poconé (MT).

A Freepoint não revelou detalhes financeiros do acordo nem quando a mina começará a produzir ouro e prata.

Esse acordo de financiamento é o primeiro que a Freepoint fecha desde que comprou o negócio físico de metais e concentrados do JPMorgan Chase no ano passado.

A Brazahav herdou a mina de Salinas em novembro, ao comprar 98,6 por cento das ações da Advent Brasil Mineração.