Pedidos de auxílio-desemprego sobem nos EUA na semana passada

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013 11:47 BRST
 

WASHINGTON, 3 Jan (Reuters) - Os novos pedidos de auxílio-desemprego subiram na semana passada, mas os dados continuam a ser distorcidos demais devido aos feriados de final de ano para oferecer uma leitura clara sobre as condições do mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais subiram 10 mil, para 372 mil em dados ajustados sazonalmente, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. O dado da semana anterior foi revisado para mostrar 12 mil pedidos a mais do que informado anteriormente.

Os feriados fizeram com que os dados para os 19 Estados sobre os pedidos para a semana encerrada em 22 de dezembro fossem estimados.

Uma autoridade do Departamento do Trabalho disse que os dados para nove Estados, incluindo Califórnia e Virgínia, fossem estimados na semana passada devido ao Natal e ao Ano Novo. Isso sugere que os números estão sujeitos a revisões na próxima semana.

A média móvel de quatro semanas, medida melhor das tendências do mercado de trabalho, subiram 250 para 360 mil. Na sexta-feira será divulgado o relatório de emprego de dezembro.

O relatório de auxílio-desemprego mostrou que o número de pessoas ainda recebendo benefícios sob programas estatais regulares após uma semana inicial de ajuda aumentaram 44 mil, para 3,25 milhões, na semana encerrada em 22 de dezembro.

(Reportagem de Lucia Mutikani)