Credit Suisse planeja sistema de bônus lastreado em ativos

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013 10:42 BRST
 

LONDRES, 4 Jan (Reuters) - O Credit Suisse está preparando para descarregar mais exposição a risco para seu pessoal em sua oferta de bônus de 2012, mas um número significativamente menor de gerentes terá permissão para participar da última versão de um sistema que rendeu altos ganhos em anos anteriores.

Pioneiros em 2008, os sistemas de bônus lastreados em ativos do Credit Suisse paga a gerentes uma parte de seus bônus em instrumentos financeiros cujo valor depende do desempenho de ativos de risco aos quais o banco está exposto.

A criação de um novo sistema do banco surge enquanto o Credit Suisse atende às demandas de novos acionistas e reguladores para se afastar dos bônus em dinheiro em favor de alternativas mais alinhadas aos riscos assumidos pelos bancos.

Dois sistemas anteriores ajudaram o banco a transferir 17 bilhões de dólares em empréstimos problemáticos e derivativos de seu balanço, melhorando sua posição de capital, uma vez que a demanda de capital está diretamente relacionada ao tamanho do balanço do banco.

Os sistemas também permitem que o banco economize 1,4 bilhão de dólares em pagamentos de bônus.

Fontes do Credit Suisse disseram à Reuters que o banco estava se preparando para lançar um novo esquema menor para os bônus de fim de ano de 2012. O Credit Suisse se recusou a dar informações sobre o tamanho do esquema.

(Por Laura Noonan)