S&P 500 recua de máxima em 5 anos, com foco em balanços

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013 20:46 BRST
 

Por Gabriel Debenedetti

NOVA YORK, 7 Jan (Reuters) - As bolsas norte-americanas perderam terreno nesta segunda-feira, com investidores realizando lucros após ganhos recentes que levaram o S&P 500 a uma máxima em cinco anos, em antecipação a uma temporada de balanços que deve mostrar pequeno crescimento no lucro das empresas.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, caiu 0,38 por cento, a 13.384 pontos. O índice Standard & Poor's 500 perdeu 0,31 por cento, para 1.461 pontos, enquanto o termômetro de tecnologia Nasdaq recuou 0,09 por cento, para 3.098 pontos.

As ações do setor financeiro caíam após um grupo de grandes bancos norte-americanos concordar em pagar um total de 8,5 bilhões de dólares para encerrar uma investigação sobre irregularidades na execução de hipotecas.

O índice bancário KBW, que mede papéis do setor, encerrou em queda de 0,34 por cento.

Outros setores também foram atingidos, sobretudo energia e serviços públicos. O índice do setor energético do S&P 500 perdeu 0,82 por cento, enquanto o similar de serviços públicos recuou 1,14 por cento.

O declínio veio uma sessão após o S&P 500 fechar em sua máxima em cinco anos, impulsionado por um acordo orçamentário nos EUA e fortes indicadores econômicos. Na semana passada, o índice acionário acumulou alta de 4,6 por cento, maior ganho semanal em mais de um ano.

"(O movimento) É um pouco de eliminar riscos antes da temporada de balanços. Você não vai ver nada tão bom nos resultados", afirmou o operador sênior de ações do Cabrera Capital Markets em Boston, Larry Peruzzi.

Espera-se que os resultados sejam apenas um pouco melhores do que os registrados no trimestre anterior, e as estimativas atuais de analistas estão bem abaixo daquelas feitas em outubro passado. O crescimento nos lucros no quarto trimestre em relação ao anterior é estimado em 2,8 por cento, de acordo com dados da Thomson Reuters.   Continuação...