Minério de ferro sobe mais; acumula alta de 83% desde setembro

terça-feira, 8 de janeiro de 2013 14:11 BRST
 

Por Manolo Serapio Jr

CINGAPURA, 8 Jan (Reuters) - Os preços do minério de ferro no mercado no mercado à vista da China voltaram a subir forte nesta terça-feira, com siderúrgicas do país asiático recompondo estoques na esperança de uma recuperação econômica que irá impulsionar a demanda por aço.

Uma oferta limitada de cargas no "spot" também ajudou a sustentar os preços, que atingiram mínima de três anos em setembro de 2012.

O minério de ferro, matéria-prima do aço, já subiu 82,9 por cento desde que atingiu mínimas abaixo de 87 dólares por tonelada em setembro, com o apetite dos compradores chineses crescendo com sinais de uma recuperação econômica do país.

A preocupação de que a chegada da temporada de ciclones na Austrália, maior exportador, venha a interromper o fornecimento e os preços firmes do aço na China podem ampliar os ganhos do minério de ferro, que já subiram em um terço desde o início de dezembro.

O preço de referência do minério com 62 por cento de ferro subiu 3 por cento, ou 4,6 dólares, a 158,5 dólares por tonelada nesta terça-feira, o maior preço desde 14 de outubro de 2011, de acordo com dados do Steel Index.

"Há muita compra especulativa acontecendo e a disponibilidade no mercado aberto está relativamente baixa", disse Jamie Pearce, chefe de corretagem de minério de ferro na SSY Futures.

A produção mais lenta de minério na China, especificamente no norte do país em função do inverno, e um fluxo limitado de cargas à vista da Austrália, Brasil e Índia também ajudaram a elevar os preços, lembrou Pearce.

Um ciclone estava previsto para se desenvolver no final desta terça-feira na costa noroeste da Austrália antes de se aproximar da região da mina de ferro de Pilbara, disseram meteorologistas.   Continuação...