S&P 500 fecha com máxima em 5 anos após dados da China

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 20:01 BRST
 

Por Leah Schnurr

NOVA YORK, 10 Jan (Reuters) - O índice S&P 500 fechou em sua máxima em cinco anos nesta quinta-feira após dados melhores do que o esperado sobre as exportações chinesas fomentarem otimismo sobre as perspectivas de crescimento global.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,6 por cento, para 13.471 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,76 por cento, para 1.472 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,51 por cento, para 3.121 pontos.

As compras aceleraram no final do pregão após o S&P 500 ultrapassar o patamar de resistência técnica de 1.466 pontos, que havia sido o nível de fechamento do mercado na sexta-feira passada e era a máxima do índice desde dezembro de 2007.

"Historicamente, janeiro é um mês positivo para o mercado, e estamos vendo isso se comprovar", disse o estrategista-chefe de mercados do RDM Financial em Westport, Connecticut, Michael Sheldon.

Os setores financeiro e de energia foram os de melhor performance no dia. O índice do setor financeiro cresceu 1,38 por cento e o termômetro do setor energético teve oscilação positiva de 0,95 por cento.

Analistas citaram dados econômicos sobre a China como o elemento catalisador do dia. O crescimento das exportações do país mostraram recuperação acentuada em dezembro, para sua máxima em sete meses, em uma forte conclusão para 2012 após sete trimestres consecutivos de desaceleração.

"Está sendo interpretado positivamente que eles (chineses) foram capazes de interromper a desaceleração (no crescimento)", avaliou o gestor de portfólio do Swarthmore Group na Filadélfia, Kurt Brunner. "Se continuarem a produzir um bom crescimento, vão apoiar nossos fabricantes em nível global", acrescentou.

O índice de volatilidade CBOE sugeriu ainda que os mercados estavam relativamente calmos nesta quinta-feira. O VIX recuou 2,32 por cento.

No fechamento, o S&P 500 ficou cerca de 6 por cento abaixo de sua máxima histórica de 1.565 pontos, atingida em outubro de 2007.