Problemas no 787 não foram causados por terceirização--Boeing

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013 14:58 BRST
 

11 Jan (Reuters) - Os recentes incidentes de segurança com o 787 Dreamliner não foram causados por terceirização ou rápido aumento da produção, afirmou nesta sexta-feira o chefe da unidade comercial da Boeing.

Em coletiva de imprensa em Washington, Ray Conner disse não ver nada de "excepcionalmente anormal" quanto a um novo avião.

O diretor da Administração Federal de Aviação, Michael Huerta, disse que a revisão detalhada do avião começará com a inspeção técnica no processo da produção na fábrica de Seattle.

(Por Deborah Charles, em Washington)