Chefe de regional do Fed diz ver compras de ativos ainda no 2o semestre

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013 16:56 BRST
 

HALF MOON BAY, Estados Unidos, 14 Jan (Reuters) - O Federal Reserve (banco central norte-americano) precisará continuar com seu programa de compras de bônus pela maior parte do resto do ano enquanto tenta reduzir os custos de empréstimos e a taxa de desemprego, que ainda é muito alta, afirmou o presidente do Fed de San Francisco, John Williams, nesta segunda-feira.

"O Fed precisa fazer o que puder para ajudar a economia a melhorar", disse Williams em comentários preparados para um simpósio de estratégia industrial. "Antecipo que as compras contínuas de ativos hipotecários e Treasuries de longo prazo ainda serão necessárias no segundo semestre de 2013."

No mês passado, o Fed intensificou as compras de ativos com o objetivo de promover o crescimento da economia e se comprometeu a manter as taxas de juros perto de zero até que o desemprego caia para 6,5 por cento, desde que as expectativas de inflação não superem 2,5 por cento.

Williams --que usou seu voto no comitê de política monetária do Fed no ano passado para apoiar essas decisões-- afirmou ainda que vê a economia se expandindo 2,5 por cento em 2013 e um pouco abaixo de 3,5 por cento no próximo ano.

O presidente do Fed de San Francisco disse ainda que o desemprego, que registrou 7,8 por cento em dezembro, provavelmente ficará em 7 por cento ou acima até o fim de 2014.

E com o custo do trabalho em baixa, ele afirma ver a inflação provavelmente em 1,5 por cento e abaixo da meta de 2 por cento do Fed para os próximos anos.

Essas previsões econômicas mostram ainda que Williams acredita que as taxas de juros devem ser mantidas perto de zero até pelo menos 2015, em linha com o pensamento do Fed.

(Reportagem de Ann Saphir)