Vendas do Casino na França caem, hipermercados são mais atingidos

terça-feira, 15 de janeiro de 2013 15:36 BRST
 

PARIS, 15 Jan (Reuters) - As vendas da varejista Casino caíram no quarto trimestre em seu principal mercado, a França, com hipermercados sendo os mais atingidos, após a companhia decidir oferecer menos promoções para financiar cortes de preços duradouros em meio a um clima econômico pessimista.

O Casino, que controla a maior varejista do Brasil, o Grupo Pão de Açúcar, disse que compensou a fraqueza na França com um crescimento robusto em mercados emergentes na América Latina e na Ásia.

O Casino, que compete com o Carrefour e com Leclerc, Intermarché e Auchan, que não são listadas em bolsa, disse que as vendas do grupo no quarto trimestre atingiram 12,856 bilhões de euros (17,16 bilhões de dólares), em linha com a projeção de 12,8 bilhões de euros de um levantamento da Thomson Reuters I/B/E/S com analistas.

Descartando aquisições, efeitos cambiais e petróleo, foi um aumento anual de 3,2 por cento e uma desaceleração ante crescimento de 4,2 por cento no terceiro trimestre.

As vendas no conceito mesmas lojas --que leva em conta aquelas em operação há pelo menos 12 meses-- excluindo petróleo nos hipermercados Geant, do Casino, despencaram 9,9 por cento no trimestre após recuarem 5,4 por cento no terceiro trimestre.

(Reportagem de Dominique Vidalon)