Consumidores japoneses estão cautelosos com economia e preços

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 07:31 BRST
 

TÓQUIO, 16 Jan (Reuters) - A confiança do consumidor japonês piorou ligeiramente em dezembro, sugerindo que os consumidores permanecem cautelosos apesar de alguns dados mostrando sinais de melhora da economia.

A pesquisa também mostrou que 59,6 por cento dos entrevistados acreditam que os preços irão subir em 12 meses, estável ante o mês anterior, com expectativa de que a postura agressiva do novo primeiro-ministro, Shinzo Abe, sobre a política fiscal e monetária terá um impacto material sobre as expectativas de preços dos consumidores.

O índice de confiança da pesquisa para famílias em geral, que inclui opiniões sobre receitas e trabalho, caiu para 39,2 no mês passado ante 39,4 em novembro, mostraram dados do Escritório do Gabinete nesta quarta-feira.

Leitura abaixo de 50 sugere pessimismo do consumidor.

"Bônus de inverno e horas extras também caíram no mês passado, então levará mais tempo para a confiança do consumidor se recuperar", disse o economista chefe do Instituto de Pesquisa Norinchukin, Takeshi Minami.

Abe pressiona o Banco do Japão, banco central do país, para determinar uma meta mais alta de inflação e adotar uma política monetária mais ousada para superar a deflação.

A maioria dos entrevistados respondeu antes da eleição.

(Reportagem de Kaori Kaneko)