16 de Janeiro de 2013 / às 20:33 / em 5 anos

Dólar sobe 0,35% ante real com cautela de investidor externo

Por Walter Brandimarte

RIO DE JANEIRO, 16 Jan (Reuters) - O dólar fechou em alta ante o real pela segunda sessão consecutiva nesta quarta-feira, em movimento alimentado pela cautela dos investidores internacionais durante a divulgação de resultados corporativos nos Estados Unidos.

Uma certa ansiedade antes da divulgação de importantes dados econômicos chineses na sexta-feira, incluindo o Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre, também mantinha investidores de sobreaviso.

A moeda norte-americana avançou 0,35 por cento para 2,0442 reais na venda, praticamente anulando as perdas registradas ante o real desde o início do ano.

O movimento era semelhante ao visto em outros mercados emergentes. Ante o peso mexicano, o dólar subia cerca de 0,15 por cento.

Apesar da alta recente, analistas acreditam que o Banco Central manterá o dólar abaixo de 2,05 reais para evitar repasses adicionais à inflação, que persiste bastante acima do centro da meta do governo --de 4,5 por cento, pelo IPCA.

Em mais um sinal de que a inflação começa o ano pressionada, a Fundação Getulio Vargas informou que seu índice semanal de preços ao consumidor, o IPC-S, subiu 0,89 por cento na segunda quadrissemana de janeiro, forte aceleração ante os 0,77 por cento registrados no período anterior.

Expectativas sobre a atuação do BC devem continuar a pautar as cotações da moeda norte-americana no curto prazo, afirmou o economista da Tendências Consultoria Sílvio Campos Neto.

“Por isso a taxa não tem saído do lugar. Por hora, não muda nada, esses sinais só reforçam essa banda restrita que a gente está vendo”, afirmou ele.

Desde o início do ano, o dólar tem oscilado entre 2,0 e 2,05 reais --faixa que, segundo fontes do governo, é a mais adequada para apoiar o crescimento econômico sem estimular ainda mais a inflação.

A retirada de entraves à entrada de capitais externos no Brasil, somada à melhora do apetite por risco dos investores internacionais desde o início do ano, deve ajudar a manter um fluxo positivo de dólares para o país, dizem analistas.

O fluxo da moeda norte-americana já se tornou positivo na segunda semana de janeiro, mostraram dados do Banco Central. Entraram no país 338 milhões de dólares entre os dias 7 e 11 deste mês, após saídas líquidas de 84 milhões de dólares na semana anterior.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below