S&P 500 fica estável com balanços aliviando preocupações

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 19:55 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK, 16 Jan (Reuters) - O índice S&P 500 fechou praticamente estável nesta quarta-feira, com resultados sólidos de dois grandes bancos e uma recuperação na ação da Apple ofuscando temores relativos a uma projeção menor de crescimento global em 2013.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,17 por cento, para 13.511 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,02 por cento, para 1.472 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,22 por cento, para 3.117 pontos.

As ações do Goldman Sachs atingiram seu maior nível desde maio de 2011, após o banco publicar seus resultados, que quase triplicaram com um aumento de receitas com negociações e menores despesas com compensações.

Além disso, o lucro líquido do JPMorgan Chase no quarto trimestre saltou 53 por cento, enquanto o resultado para o acumulado de 2012 estabeleceu um recorde.

A ação do JPMorgan avançou 1 por cento, para 46,82 dólares, e o papel do Goldman Sachs encerrou com alta de 4,1 por cento, para 141,09 dólares.

Essas instituições estão entre os primeiros grandes bancos a publicar seus balanços e ajudaram a suspender levemente as estimativas para os resultados de companhias incluídas no S&P 500, para um ganho de 2,2 por cento, de acordo com dados da Thomson Reuters.

"Números sólidos do JPMorgan e do Goldman Sachs estão gerando muito fôlego para o setor financeiro, com muitas outras empresas publicando seus resultados nesta semana", avaliou o operador sênior do Wedbush Morgan em Los Angeles, Michael James.

A Apple, por sua vez, rebateu após três pregões consecutivos de perdas, ajudando o Nasdaq a registrar performance melhor do que a do S&P 500 e a do Dow Jones.