Despesas com hipotecas reduzem lucro do Bank of America no 4o tri

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 11:53 BRST
 

SÃO PAULO, 17 Jan (Reuters) - O Bank of America Merrill Lynch divulgou nesta quinta-feira que o lucro do quarto trimestre caiu na comparação anual por ter registrado mais despesas por problemas relacionados a hipotecas, na esteira da crise financeira.

O segundo maior banco dos Estados Unidos teve lucro de 700 milhões de dólares, ou 0,03 dólar por ação, no trimestre passado, ante resultado positivo de 2 bilhões, ou 0,15 dólar por papel, no mesmo período do ano anterior.

O Bank of America disse em 7 de janeiro que seus resultados do quarto trimestre incluiriam uma série de itens extraordinários, como mais de 5 bilhões de dólares em encargos relacionados a hipotecas, um benefício fiscal de 1,3 bilhão de dólares e uma taxa de 700 milhões de dólares em relação ao valor de sua dívida.

O resultado do banco foi impulsionado por uma menor provisão para empréstimos "podres", que caíram para 2,2 bilhões de dólares ante 2,9 bilhões de dólares no ano anterior. As taxas de investimentos bancários do Bank of America cresceram 58 por cento, na comparação anual.

Para impulsionar o lucro, o Bank of America lançou, em 2011, um programa de corte de gastos que pretende eliminar 8 bilhões de dólares em despesas anuais até meados de 2015. As despesas do banco caíram para 18,4 bilhões de dólares ante 18,9 bilhões há um ano, excluindo ajustes contábeis de ativos imobilizados no mesmo período do ano anterior.

Os encargos do BofA incluem 2,5 bilhões de dólares para sua quota em um acordo de 8,5 bilhões de dólares com grandes bancos sobre execuções hipotecárias e 2,7 bilhões de dólares por acordos com Fannie Mae sobre empréstimos que o banco vendeu para a companhia.

(Por Rick Rothacker)

 
Lucro do Bank of America Merrill Lynch caiu para 700 milhões de dólares no trimestre passado. Na comparação anual, o resultado anterior foi de 2 bilhões de dólares. 17/05/2012 REUTERS/Tim Chong