Airbus recebe 914 pedidos em 2012, perde liderança para Boeing

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 10:50 BRST
 

TOULOUSE, França (Reuters) - A Airbus registrou uma queda de 43 por cento nas encomendas em 2012 e passou a coroa de maior fabricante de aviões do mundo para a Boeing. Apesar disso, a empresa previu melhora tanto nos pedidos quanto nas entregas em 2013.

A companhia europeia informou que mantém confiança em realizar o voo inaugural do jato A350, produzido com compósitos de carbono, até meados do ano. A expectativa foi mantida em um momento em que o avião 787 Dreamliner, da rival norte-americana Boeing, passa por inspeções de segurança de autoridades em vários países, incluindo Estados Unidos e Japão, por potencial risco de fogo em bateria.

A Airbus registrou 914 encomendas de aviões em 2012. Considerando cancelamentos, a companhia obteve 833 pedidos líquidos, enquanto a Boeing teve 921.

As encomendas brutas ficaram bem à frente da meta de 650 jatos para 2012, mas em comparação com o número de 1.339 novas aeronaves da Boeing, a Airbus ficou com participação de mercado de 41 por cento.

A Airbus entregou 588 aeronaves em 2012, um resultado 10 por cento maior que o do ano anterior e acima da meta. Mas foi superada pela primeira vez em uma década por 601 aviões despachado pela Boeing a clientes.

Para 2013, a Airbus definiu meta de entregar mais de 600 aviões e de obter 700 encomendas brutas.