China eleva compras de soja por boas margens de esmagamento--CNGOIC

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 11:27 BRST
 

PEQUIM, 18 Jan (Reuters) - A China, maior comprador mundial de soja, aumentou suas aquisições da oleaginosas dos EUA e da América do Sul, com as margens de esmagamento se tornando positivas, disse um órgão oficial de pesquisa nesta sexta-feira.

As esmagadoras compraram um total de 1,8 a 1,98 milhão de toneladas de grãos de soja dos Estados Unidos, Brasil e Argentina na semana passada, disse o Centro Nacional de Informações sobre Grãos e Óleos da China (CNGOIC, na sigla em inglês) em um relatório, em comparação com as 1,2 milhão de toneladas normalmente importadas.

A forte demanda chinesa apoiou os preços da soja na Bolsa de Chicago, que registram alta de 4,5 por cento na semana, a maior alta em cerca de cinco meses.

"Inicialmente, as esmagadoras reservaram menos carregamentos para entrega em fevereiro e março, mas tal volume poderia não atender à demanda com a melhora recente das margens de esmagamento", disse a CNGOIC em um relatório postado em seu website (www.grain.gov.cn).

Esmagadoras podem lucrar ao processar grãos sul-americanos com entrega para março, acrescentou. O órgão calculou a margem em 70 yuan (11,26 dólares) por tonelada baseado nos atuais preços spot para óleo e o farelo de soja.

Exportadores privados relataram a compra de 240 mil toneladas de grãos de soja dos EUA para destinos desconhecidos para entrega durante o ano comercial de 2013/14, disse o Departamento de Agricultura dos EUA na quinta-feira. Segundo traders, os compradores eram esmagadoras chinesas.

(US$1 = 6,2160 yuan)

(Reportagem de Niu Shuping e David Stanway)