Boeing e Sikorsky vão desenvolver helicóptero militar para EUA

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 15:48 BRST
 

Por Andrea Shalal-Esa

WASHINGTON, 18 Jan (Reuters) - A Boeing e a Sikorsky Aircraft, uma unidade da United Technologies, disseram que vão trabalhar juntas para desenvolver uma próxima geração de helicópteros de múltiplas funções para as Forças Armadas dos Estados Unidos.

O acordo de parceria estratégica, firmado em 13 de janeiro e anunciado nesta sexta-feira, reúne dois dos maiores fabricantes norte-americanos de helicópteros, que muitas vezes competem por pedidos mas uniram forças para produzir o Comanche, um programa de helicóptero do exército dos EUA cancelado em 2004.

A Sikorsky, fabricante do helicóptero de serviços Black Hawk, e a Boeing, que produz o helicóptero de ataque Apache, planejam submeter uma proposta em resposta a um projeto de demonstração de tecnologia do exército apresentado mais cedo neste mês.

O programa militar vai estabelecer as bases para o programa Future Vertical Lift do Pentágono -- um imenso projeto que vai substituir mais de 4 mil helicópteros de média potência utilizados por vários serviços militares dos EUA.

Executivos da Sikorsky e da Boeing afirmaram que unir forças com a competição ajudará as empresas a entregar um helicóptero inovador e acessível.

"Nosso acordo de parceria é a continuação de um relacionamento de longa data entre a Boeing e a Sikorsky e reflete uma visão comum para o futuro da aviação militar", disse em comunicado o presidente da Boeing Military Aircraft, Chris Chadwick.

O exército lançou o projeto de demonstração de tecnologia mais cedo neste mês, afirmando que as Forças Armadas vão apoiar o programa do Pentágono para desenvolver a próxima geração de aeronaves com melhores performance, confiabilidade e acessibilidade.