Secretário dos EUA diz não saber quando Boeing 787 voará de novo

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 18:35 BRST
 

WASHINGTON, 18 Jan (Reuters) - O Secretário de Transportes dos Estados Unidos, Ray LaHood, disse nesta sexta-feira que a aeronave 787 Dreamliner, da Boeing, não irá voar novamente até que as autoridades tenham "1.000 por cento de certeza" que é um avião seguro.

LaHood disse que não poderia prever quando o modelo teria a autorização para retomar os voos.

Na quarta-feira, a Administração Federal de Aviação dos EUA suspendeu temporariamente as operações do 787 após um segundo incidente envolvendo falhas na bateria que levou o avião de passageiros a fazer um pouso de emergência no Japão.

LaHood disse que as autoridades estão investigando de perto as baterias de lítio-íon, que armazenam mais energia e recarregam mais rapidamente mas são potencialmente mais voláteis.

"Esses aviões não voarão até que nós realmente tenhamos uma chance de examinar as baterias"

(Por Alina Selyukh)