Dólar sobe 0,17% ante real por preocupação sobre economia mundial

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 18:42 BRST
 

Por Walter Brandimarte

RIO DE JANEIRO, 18 Jan (Reuters) - O dólar subiu de leve ante o real nesta sexta-feira, dia de fraco apetite por risco no exterior, e aproximou-se do nível de 2,05 reais que se tornou o teto de uma banda cambial informal em vigor desde o final do ano passado.

A moeda norte-americana fechou em alta de 0,17 por cento, cotada a 2,0434 reais na venda, após recuar 0,21 por cento no dia anterior.

O movimento ficou em linha com o visto ante outras moedas de países emergentes, que também recuaram ante o dólar.

Investidores estrangeiros ficaram mais reticentes sobre os rumos da economia mundial nesta sexta-feira, sobretudo depois que a Intel desapontou os mercados com uma estimativa fraca de lucros para os próximos trimestres.

A notícia da fabricante de chips jogou água fria nos dados de crescimento da economia chinesa, que vieram ligeiramente acima das expectivas dos investidores.

Apesar da alta do dólar nesta sessão, analistas continuam a apostar que a moeda norte-americana ficará dentro da banda 2,0 a 2,05 reais que passou a vigorar desde o dia 26 de dezembro --patamar considerado favorável aos exportadores e que evita pressões inflacionárias adicionais.

As expectativas de que o câmbio continuará com pequenas oscilações dentro dessa faixa aumentaram após o Banco Central afirmar, ao fim de sua reunião de política monetária na quarta-feira, que a trajetória da inflação piorou no curto prazo, ao mesmo tempo em que a atividade econômica tem decepcionado.

"O comunicado emitido após a decisão do BC reconhece os crescentes desafios enfrentados pelas autoridades monetárias, o que na nossa visão indica que o BC manterá um controle forte no câmbio pelo menos durante a alta da inflação esperada durante o primeiro trimestre", afirmaram os analistas do JP Morgan em relatório.   Continuação...