MMX elege Carlos Gonzalez como CEO após renúncia de Escalhão

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 19:22 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 18 Jan (Reuters) - O Conselho de Administração da MMX, empresa de mineração do grupo EBX, do empresário Eike Batista, aprovou a eleição de Carlos Roberto Gonzalez como presidente e diretor de relações com investidores.

A nomeação se deu após a renúncia de Guilherme Escalhão aos cargos, de acordo com ata de reunião realizada nesta sexta-feira.

Gonzalez era diretor de mineração da EBX e possui mais de 20 anos de experiência no setor de minério de ferro, tendo desenvolvido sua carreira na Vale, disse a MMX em fato relevante.

Em 2012, os principais executivos de três empresas do grupo foram trocados.

Em junho, a unidade petrolífera OGX trocou sua presidência-executiva em meio ao duro questionamento do mercado sobre a capacidade de produção de petróleo da companhia.

O executivo Paulo Mendonça, que ocupou a presidência da OGX por apenas dois meses, foi substituído por Luiz Eduardo Carneiro, que antes comandava a OSX, outra empresa de Eike.

Além disso, em outubro, o presidente e diretor de relações com investidores da CCX, Leonardo Moretzsohn de Andrade, renunciou ao cargo e foi substituído por José Gustavo de Souza Costa.

No mês seguinte, a empresa de logística LLX anunciou Marcus Berto como novo diretor-presidente e diretor de relações com investidores, no lugar de Otávio Lazcano, que passou a ocupar exclusivamente o cargo de diretor financeiro do Grupo EBX, segundo comunicado.

(Por Juliana Schincariol)