BP ainda tem quatro funcionários desaparecidos na Argélia

sábado, 19 de janeiro de 2013 15:52 BRST
 

LONDRES, 19 Jan (Reuters) - A BP disse neste sábado que 14 de seus 18 funcionários na planta de gás em In Amenas estão seguros, incluindo Mark Cobb, o gerente norte-americano de sua joint venture argelina, após a unidade ser tomada por combatentes ligados à al Qaeda três dias atrás.

O presidente-executivo da BP, Bob Dudley, disse a repórteres que o destino de quatro empregados da planta de gás no deserto ainda é desconhecido.

Dois dos 14 funcionários que estão seguros sofreram ferimentos mas não correm risco de morrer, afirmou Dudley.

Citando o ministro de Energia da Argélia, ele disse ainda que a operação militar já acabou e que agora os militares estavam limpando os explosivos do local.