Térmica Parnaíba I, da MPX, é sincronizada ao sistema

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013 14:33 BRST
 

SÃO PAULO, 21 Jan (Reuters) - A primeira turbina da termelétrica Parnaíba I, da MPX, fez no sábado sua sincronização com o Sistema Interligado Nacional e no dia seguinte atingiu a capacidade nominal de 169 megawatts (MW), mas depende da Declaração de Operação Comercial para gerar energia ao sistema e receita, informou a companhia.

A UTE Parnaíba I, da empresa de energia do empresário Eike Batista, tem quatro turbinas à gás totalizando em 676 MW e é 70 por cento controlada pela MPX com o restante detido pela Petra Energia.

A turbina sincronizada ao sistema é referente ao projeto da termelétrica Maranhão IV, que foi adquirido do antigo grupo Bertin, e vai gerar energia elétrica com gás próprio produzido pela OGX e MPX na bacia do Parnaíba, no Maranhão.

Na semana passada, a MPX informou que cerca 680 MW de capacidade instalada de termelétricas do grupo, referente ao Parnaíba, entrarão em operação até fevereiro.

O Complexo Termelétrico Parnaíba tem licença para instalar até 3.722 MW em térmicas.

(Por Anna Flávia Rochas)