Déficit fiscal da China fica acima da meta e atinge 1,6% do PIB

terça-feira, 22 de janeiro de 2013 11:59 BRST
 

PEQUIM, 22 Jan (Reuters) - A China teve um déficit fiscal de 850 bilhões de iuans (136,6 bilhões de dólares) em 2012, ou 1,6 por cento do Produto Interno Bruto, disse o Ministério das Finanças nesta terça-feira, um pouco maior que a meta do governo de 800 bilhões de iuans, ou 1,5 por cento do PIB.

As receitas fiscais aumentaram 12,8 por cento no ano, para 11,7 trilhões de iuans, enquanto o gasto fiscal subiu 15,1 por cento, para 12,6 trilhões de iuans, de acordo com o ministério.

Ganhos mais lentos em companhias e cortes de impostos reduziram a receita do governo em 2012 em comparação ao ano anterior, segundo o ministério.

As receitas fiscais de valor agregado subiram 8,9 por cento em 2012 ante o ano anterior, enquanto o imposto de renda empresarial subiu 17,2 por cento.

O governo central chinês gastou 6,4 trilhões de iuans no ano passado e governos locais gastaram 10,7 trilhões de iuans, disse o ministério.

(Por Aileen Wang, Shao Xiaoyi e Koh Gui Qing)

 
Bandeira chinesa flutua próximo à sede do Banco Popular da China, o Banco Central do país, em Pequim. O país asiático teve um déficit fiscal de 850 bilhões de iuans (136,6 bilhões de dólares) em 2012, ou 1,6 por cento do Produto Interno Bruto, disse o Ministério das Finanças nesta terça-feira, um pouco maior que a meta do governo de 800 bilhões de iuans, ou 1,5 por cento do PIB. 10/10/2012 REUTERS/Barry Huang