January 22, 2013 / 6:28 PM / 4 years ago

Agroconsult mantém previsão para safra de soja 12/13 do Brasil

3 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO, 22 Jan (Reuters) - A consultoria Agroconsult estimou nesta terça-feira a safra de soja do Brasil na temporada 2012/13 em um recorde de 84 milhões de toneladas, inalterada em relação à última previsão.

A previsão foi feita em conferência de imprensa para apresentar o Rally da Safra, expedição técnica que começa no próximo dia 28.

Até o momento, as condições climáticas para a safra têm sido satisfatórias, segundo a Agroconsult. Na temporada passada, quando uma seca afetou as lavouras no Sul do país, o Brasil colheu 66,4 milhões de toneladas.

"Este ano a gente tem poucas exceções ao bom desenvolvimento da lavoura", disse André Pessôa, coordenador do Rally e diretor da Agroconsult.

Além disso, impulsionados por preços recordes no mercado internacional, os produtores brasileiros plantaram em 2012/13 a maior área já vista no país com soja.

Segundo estimativas pré-Rally elaboradas pela Agroconsult, houve expansão de 10,7 por cento da área plantada, que deverá alcançar 27,7 milhões de hectares.

A Agroconsult estimou também nesta terça-feira a safra 12/13 de milho do Brasil em um recorde de 74,7 milhões de toneladas, mesma previsão feita no início do mês. Na temporada passada, segundo a previsão oficial, o Brasil colheu 72,9 milhões de toneladas.

Segundo Pessôa, uma das poucas alterações nos níveis de produtividade poderia ocorrer em algumas áreas do Rio Grande do Sul.

"Nesses últimos dez dias, algumas áreas do Rio Grande do Sul apresentaram estiagem, mas nada que gere uma preocupação excessiva. Não há previsão de chuva até o final deste mês, mas as lavouras estão indo bem."

A perspectiva de um período de mais de duas semanas sem chuvas no Rio Grande do Sul preocupa produtores gaúchos, que temem redução de produtividade, ainda com lembranças vivas da quebra de safra provocada por uma seca no ano passado, disseram especialistas na última sexta-feira.

A colheita da soja 12/13 está em fase inicial no Brasil.

Pragas E doenças

A Agroconsult verificou um aumento da incidência de lagartas em lavouras brasileiras.

"Muito mais intensamente do que no ano passado, que já foi forte", segundo Pessôa.

Para ele, a falta de chuvas em algumas regiões em dezembro, combinada com temperaturas elevadas, permitiu o avanço dos insetos.

No entanto, os focos estão controlados, disse ele, sendo que a única consequência para os produtores foi o aumento com o custo de pulverizações.

O clima, por outro lado, permitiu que o fungo da ferrugem asiática ficasse relativamente controlado no Centro-Oeste brasileiro.

"Tem muito pouca ferrugem este ano", disse Pessôa.

Por Gustavo Bonato e Caroline Stauffer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below