S&P 500 fecha em máxima de 5 anos por bancos e commodities

terça-feira, 22 de janeiro de 2013 20:19 BRST
 

Por Rodrigo Campos

NOVA YORK, 22 Jan (Reuters) - Os setores bancário e de commodities levaram o índice S&P 500 à máxima em cinco anos nesta terça-feira devido a esperanças de que a economia global continuará a se recuperar.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,46 por cento, para 13.712 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,44 por cento, para 1.492 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,27 por cento, para 3.143 pontos.

O Dow Jones também fechou na máxima em cinco anos, auxiliado por um avanço no papel da Travelers após a seguradora publicar seus resultados.

A Travelers superou com grande margem as estimativas de Wall Street com um aumento trimestral nos prêmios e mais renovações, levando sua ação a uma alta de mais de 2 por cento, embora o lucro tenha caído pela metade.

O mercado também acompanhou sinais de que líderes republicanos na Câmara dos Deputados pretendem aprovar na quarta-feira uma ampliação do teto da dívida dos Estados Unidos por quase quatro meses. A Casa Branca recebeu bem a notícia, afirmando que, com isso, desaparecem os temores sobre a possibilidade de um calote norte-americano sobre sua dívida.

Investidores, no entanto, adotaram uma postura cautelosa antes de um aumento no número de publicações de balanços corporativos.

O vice-presidente de investimentos do Harbor Advisory, Jack de Gan, disse que dados econômicos melhores nos EUA e na China, além de indicações de uma maior estabilização na Europa, estão levando compradores a setores intimamente ligados a crescimento econômico.

"Qualquer notícia negativa pode nos fazer recuar por um dia ou mais", disse De Gan, referindo-se à série recente de ganhos.

O papel da Freeport-McMoRan, por sua vez, liderou o avanço no setor de matérias-primas, após a companhia registrar um aumento de 16 por cento no lucro trimestral devido a uma maior produção.

A ação da Freeport-McMoRan avançou 4,6 por cento, para 35,19 dólares.