BHP produz mais minério para abastecer siderúrgicas chinesas

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 11:55 BRST
 

SYDNEY, 23 Jan (Reuters) - A BHP Billiton, maior mineradora do mundo, aumentou sua produção de minério de ferro em 3 por cento no trimestre até dezembro, se apressando para fornecer mais matéria-prima às siderúrgicas chinesas, apesar de sinais de fraqueza do mercado.

O aumento foi ligeiramente abaixo das previsões dos analistas, mas a diferença não deve abalar o sempre crescente volume de minério de ferro australiano enviado à China, maior comprador mundial, onde o crescimento da demanda deve desacelerar neste ano.

O risco, dizem analista, é de que as mineradoras inundem o mercado notoriamente instável do comércio marítimo de minério de ferro, onde os preços podem avançar ou recuar até 50 por cento em questão de meses.

As importações chinesas de minério de ferro devem crescer somente em 25 a 50 milhões de toneladas neste ano, de acordo com a Associação das Empresas Mineradoras e Metalúrgicas da China, um ritmo mais lento do que nos anos anteriores.

Além disso, as minas da própria China já fornecem cerca de metade das necessidades das siderúrgicas, com cerca de 200 milhões de toneladas em capacidade adicional que podem ser reativadas rapidamente.

"Há demanda o suficiente na China, enquanto os chineses não reiniciarem muitas de suas próprias minas, o que eles farão caso avaliem que os preços (do minério de ferro) precisem abaixar", disse David Lennox, analista de mineração da consultoria Fat Prophets em Sydney.

A produção de minério de ferro da BHP subiu para 42,2 milhões de toneladas nos três meses terminados em 31 de dezembro, ante 41,1 milhões no mesmo período no ano passado, ele disse, destacando um volume recorde produzido nas minas da empresa na Austrália.

A BHP planeja incrementar sua produção em 5 por cento, ou 9 milhões de toneladas, para 183 milhões de toneladas, no ano até junho de 2013.

(Reportagem de James Regan)