Rússia pode restringir carnes dos EUA e Canadá por aditivo

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 13:54 BRST
 

MOSCOU, 23 Jan (Reuters) - O Serviço de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia pode impor uma proibição temporária sobre alguns produtos de carne bovina e suína do Canadá e EUA a partir de 4 de fevereiro.

Isso porque alguns produtos importados dos países norte-americanos possuem ractopamina, informou o órgão em um comunicado em seu website.

O serviço disse que ambos os países ainda estavam efetuando entregas de carnes à Rússia que não atendiam requisitos impostos por Moscou e seus países parceiros em união aduaneira, Belarus e Cazaquistão, de produtos livres de resíduos do aditivo alimentar ractopamina.

(Reportagem de Melissa Akin)