Vendas em países emergentes levam ação da Unilever a recorde

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013 16:11 BRST
 

Por Rosalba O'Brien

LONDRES, 23 Jan (Reuters) - O preço das ações companhia de bens de consumo Unilever atingiu um novo recorde nesta quarta-feria com o crescimento da empresa acima das expectativas, impulsionado pelas vendas de produtos de beleza e sabonetes em mercados emergentes.

A empresa está vencendo suas rivais em meio a uma economia difícil ao focar suas operações no mercado de cuidados pessoais e domésticos, que são mais direcionados a regiões de maior crescimento como América Latina e Ásia, e que cresceram cerca de 10 por cento em 2012.

"Nós estamos fazendo escolhas muito mais claras - a alocação de recursos, e concentração onde vemos o maior potencial", disse o diretor financeiro, Jean-Marc Huet, a jornalistas.

"Pode ser o lançamento do Tresemme (produtos capilares) no Brasil, Indonésia, Índia. Pode ser o lançamento desse produto nos Estados Unidos, do Magnum (sorvete) nas Filipinas, do Bertolli Gold (azeite) nos países nórdicos, no Reino Unido - a lista continua."

O produto para cabelos Dove Damage Therapy e o desodorante Rexona Maximum Protection foram destaques bem sucedidos em 2012, disse a empresa.

As ações da Unilever fecharam em alta de cerca de 3 por cento.

A fabricante do sabão em pó Omo e do sorvete Ben & Jerry disse que as vendas gerais ajustas em 2012 cresceram 6,9 por cento, acima da estimativa de 6,5 por cento.

Mercados emergentes, que compõem cerca de 55 por cento do volume de negócios da empresa, cresceram 11,4 por cento.

Esse desempenho contrasta com os rivais que têm sido mais lentos em regiões de rápido crescimento. A principal rival da Unilever em produtos domésticos Procter & Gamble está cortando empregos e a fabricante francesa de iogurte Danone pode fazer o mesmo como a crise econômica europeia pesando sobre seus negócios.

A Unilever não deu estimativas para 2013, mas repetiu seu mantra de focar no crescimento futuro de seus mercados.