Hyundai tem queda inesperada no lucro do 4o tri

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013 07:53 BRST
 

SEUL, 24 Jan (Reuters) - A Hyundai Motor, quinta maior montadora do mundo em vendas juntamente com a subsidiária Kia Motors, teve inesperada queda no lucro trimestral, com a moeda local forte prejudicando os resultados fora da Coreia do Sul.

O won subiu quase 8 por cento ante o dólar no ano passado, o maior ganho desde 2009, reduzindo o valor da receita internacional da Hyundai em moeda local e afetando a competitividade de preço da montadora fora do país.

A queda no lucro ocorreu apesar da companhia ter vendido recorde de 1,23 milhão de veículos no quarto trimestre.

O lucro também foi prejudicado após a empresa destinar 240 bilhões de wons (225,1 milhões de dólares) para cobrir indenizações a clientes por reclamações envolvendo economia de combustível em veículos vendidos recentemente nos Estados Unidos e no Canadá.

A Hyundai e a Kia afirmaram que ajudariam os consumidores a pagar pelos custos adicionais com combustível. Analistas projetaram provisões de 300 bilhões a 400 bilhões de won.

A montadora sul-coreana teve lucro líquido de 1,89 trilhão de wons (1,77 bilhão de dólares) de outubro a dezembro, abaixo da previsão média de 2,15 trilhões de won em pesquisa da Reuters com 15 analistas.

A queda, de 6 por cento sobre os 2 trilhões de wons obtidos um ano antes, foi a primeira desde que a Hyundai alterou as regras contábeis, em 2011.

A companhia espera elevar as vendas nos EUA em 4,4 por cento neste ano, enquanto as vendas na Europa devem cair 6,5 por cento, afirmou o vice-presidente executivo, Lee Won-hee.

Em contrapartida, as vendas na Europa cresceram 10,2 por cento no ano passado e subiram 8,9 por cento nos EUA.

A Hyundai prevê ainda aumentar as vendas globais em 6 por cento, para 4,66 milhões de veículos em 2013, impulsionadas por novas fábricas no Brasil e na China.

(Por Hyunjoo Jin)