Confiança do consumidor recua 0,7% em janeiro--FGV

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013 10:25 BRST
 

BRASÍLIA, 24 Jan (Reuters) - O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas recuou 0,7 por cento em janeiro na comparação com dezembro, ao passar de 118,7 pontos para 117,9 pontos, informou a FGV nesta quinta-feira.

Em dezembro, o índice havia recuado 1,08 por cento na comparação com novembro.

De acordo com a FGV, o Índice da Situação Atual (ISA) caiu 1,2 por cento, passando de 133,5 pontos em dezembro para 131,9 pontos em janeiro. Já o Índice de Expectativas recuou também 0,7 por cento, de 111,3 pontos para 110,5 pontos no período, o menor nível desde fevereiro de 2012, quando estava em 108,3 pontos.

A proporção de consumidores avaliando a situação financeira atual como boa diminuiu de 24,3 por cento para 22,2 por cento. Já os que julgaram o cenário como ruim cresceu de 21,9 por cento, para 24,2 por cento.

Em relação aos próximos meses, a FGV informou que o indicador que mede o grau de otimismo sobre situação econômica futura caiu 0,7 por cento em janeiro com consumidores menos confiantes sobre a possibilidade de recuperação da economia.

Em novembro, as vendas no varejo brasileiro cresceram 0,3 por cento sobre o mês anterior, mostrou desaceleração após alta de 0,8 por cento em outubro, o que evidenciou a dificuldade da recuperação da atividade econômica no final de 2012.

(Reportagem de Tiago Pariz)

 
Consumidora compra leite em supermercado no Rio de Janeiro, em janeiro de 2004. Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da Fundação Getulio Vargas recuou 0,7 por cento em janeiro na comparação com dezembro, ao passar de 118,7 pontos para 117,9 pontos, informou a FGV. 29/01/2004 REUTERS/Bruno Domingos