Neve prevista será fraca demais para aliviar seca em lavouras dos EUA

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013 16:21 BRST
 

CHICAGO, 25 Jan (Reuters) - A pequena quantidade de neve esperada para a próxima semana em áreas agrícolas dos EUA irão oferecer apenas um pequeno alívio para a pior seca em mais de 50 anos, disse uma agrometeorologista nesta sexta-feira.

A seca devastadora para as lavouras se acentuou no Kansas na última semana, colocando ainda mais em risco a importante produção de trigo de inverno nesta temporada. O Kansas geralmente é o maior produtor de trigo dos EUA, mas na nova safra plantada no último outono vem enfrentando falta de umidade no solo.

Sem chuvas ou neve em grande quantidade antes da primavera, milhões de acres de trigo podem ser perdidos, dizem meteorologistas. Um boletim de clima publicado na quinta-feira disse que não havia sinais de melhoria no Kansas ou nos Estados vizinhos.

O agrometeorologista Joel Widenor, do Commodity Weather Group, disse nesta sexta-feira que a neve fraca no leste do Meio-Oeste e neve esperada na próxima semana em partes das Planícies, do Meio-Oeste e no Delta seriam leves demais para uma recuperação considerável da situação de seca.

"A perspectiva é um pouco mais seca no noroeste do Meio-Oeste também, disse Widenor.

Ele disse que o clima frio deveria continuar até a metade da próxima semana, mas que danos provocados por frio extremos no trigo e que os riscos de geadas nos pomares de citrus na Flórida deveriam permanecer pequenos.

(Reportagem de Sam Nelson)