Ação de italiana Saipem desaba 35% após alerta de resultado

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013 08:37 BRST
 

MILÃO, 30 Jan (Reuters) - As ações do grupo italiano de serviços petrolíferos Saipem despencavam mais de 30 por cento nesta quarta-feira, depois que a companhia divulgou um inesperado alerta de resultado na véspera.

A companhia divulgou na terça-feira, após o fechamento dos mercados europeus, um corte na estimativa de resultados de 2012 e previu quedas de 80 por cento no lucro operacional de 2013 na divisão de serviços em terra e de 70 por cento na atividade marítima.

Analistas do Credit Suisse afirmaram que o alerta da companhia italiana deve colocar pressão sobre todo o setor de serviços petrolíferos. As ações da petrolífera italiana Eni recuavam 4,76 por cento às 8h34 (horário de Brasília), enquanto as da Saipem caíam 34,98 por cento na mesma hora, para 19,78 euros.

O corte na previsão de resultados do maior grupo europeu de serviços petrolíferos aconteceu após uma revisão de contratos e prospectos pela nova administração da empresa, liderada pelo presidente-executivo, Umberto Vergine.

O executivo assumiu a Saipem depois de uma investigação sobre denúncias de corrupção na Argélia que levaram à renúncia do ex-presidente-executivo Pietro Franco Tali.

"Os números são chocantes, em particular sobre 2013", disse um analista do Mediobanca em relatório.

(Por Stephen Jewkes)