Chrysler prevê lucro de US$3,8 bi em 2013

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013 15:45 BRST
 

Por Bernie Woodall e Deepa Seetharaman

30 Jan (Reuters) - A Chrysler, montadora norte-americana controlada pela italiana Fiat, disse que seu lucro em 2013 ficará próximo da extremidade inferior de seu plano inicial de negócios, e cortou sua projeção de fluxo livre de caixa para 2014 em dois terços.

A terceira maior montadora dos EUA, que também anunciou nesta quarta-feira alta no lucro do quarto trimestre, espera fluxo livre de caixa de 1 bilhão de dólares em 2014. Em 2009, o presidente-executivo, Sergio Marchionne, havia previsto 3 bilhões de dólares, como parte de seu plano de negócios de cinco anos elaborado para ajudar a Chrysler a reerguer-se, após sua concordata financiada pelo governo há quase quatro anos.

A Chrysler acrescentou que espera que o fluxo livre de caixa contraia neste ano para cerca de 1 bilhão de dólares ou mais, frente a 2,2 bilhões de dólares em 2012, já que a montadora espera maiores gastos de capital e crescimento mais lento.

Mas Marchionne, que presidiu tanto a Fiat e a Chrysler desde 2009, acrescentou rapidamente em teleconferência com jornalistas e analistas que espera que o fluxo de caixa da companhia neste ano fique "bem acima" da marca de 1 bilhão de dólares.

O projeção revisada de lucro operacional da Chrysler para 2013 de 3,8 bilhões de dólares é quase um terço maior do que os níveis de 2012. Inicialmente, Marchionne previu lucro em 2013 de entre 3,8 bilhões e 4,4 bilhões de dólares.

A Chrysler espera que as margens de lucro cresçam para 5 por cento frente a 4,4 por cento no ano anterior. A receita deve aumentar pelo menos 9 por cento para entre 72 bilhões e 75 bilhões de dólares.