BTG Pactual pagará R$418 mi ao FGC por controle do Bamerindus

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013 19:35 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 30 Jan (Reuters) - O BTG Pactual pagará ao Fundo Garantidor de Crédito (FGC) 418 milhões de reais para adquirir bens e direitos do Bamerindus do Brasil, assegurando o controle acionário da instituição e suas subsidiárias, informou o banco de investimentos nesta quarta-feira.

O montante será pago em cinco parcelas, sendo a primeira após a conclusão da operação e as outras quatro, anualmente.

O Bamerindus sofreu intervenção do Banco Central na década de 1990. Com a compra pelo BTG, a liquidação extrajudicial será encerrada.

"A instituição terá parte de seus passivos financeiros liquidados ou saneados, resultado em um patrimônio líquido positivo, sendo que dentre os ativos da instituição não consta a marca Bamerindus", disse o BTG, em comunicado.

Com o negócio, o banco de André Esteves vai adquirir os direitos creditórios e ativos do Bamerindus e que serão utilizados em suas atividades de crédito.

"A conclusão e fechamento da operação estão sujeitos à verificação de condições, incluindo a obtenção de todas as aprovações regulatórias necessárias", segundo a nota.

(Por Juliana Schincariol)