Desemprego na Alemanha registra queda inesperada em janeiro

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013 08:38 BRST
 

BERLIM, 31 Jan (Reuters) - O desemprego na Alemanha recuou inesperadamente em janeiro em dados ajustados sazonalmente, reduzindo a taxa de desemprego para 6,8 por cento, embora permaneça perto da mínima pós-reunificação.

Dados do Escritório do Trabalho mostraram que o número de pessoas sem emprego caiu em 16 mil, para 2,916 milhões, interrompendo uma longa série de aumentos.

A estimativa em pesquisa da Reuters com 27 economistas era de que o desemprego subiria em 8 mil.

A notícia será comemorada pelo governo de centro-direira da chanceler Angela Merkel, que enfrenta uma eleição em setembro que pode ser influenciada pela situação da economia.

Os dados de desemprego não ajustados, bastante observados na Alemanha, mostram alta acima da marca de 3 milhões pela primeira vez desde março do ano passado, mas o Escritório do Trabalho informou que fatores sazonais estão por trás desse aumento.

"O pano de fundo econômico desfaroável deixou poucos vestígios no mercado de trabalho", afirmou o diretor do Escritório do Trabalho, Frank-Juergen Weise, em comunicado.