S&P 500 tem maior ganho mensal desde outubro de 2011

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013 20:07 BRST
 

Por Angela Moon

NOVA YORK, 31 Jan (Reuters) - As ações norte-americanas fecharam em baixa nesta quinta-feira por cautela antes da publicação de um importante relatório sobre emprego nos Estados Unidos, mas o índice S&P 500 ainda conseguiu registrar seu maior ganho mensal desde outubro de 2011.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,36 por cento, para 13.860 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 0,26 por cento, para 1.498 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,01 por cento, para 3.142 pontos.

O S&P 500 avançou 5,1 por cento em janeiro após parlamentares em Washington temporariamente contornarem um "abismo fiscal" de aumentos de impostos e cortes de gastos automáticos que poderiam ter descarrilado a economia do país.

Resultados corporativos melhores do que o esperado ajudaram a ampliar os ganhos.

Esta foi a maior alta mensal do índice desde um ganho de mais de 6 por cento em outubro de 2011 e o melhor avanço em janeiro desde um salto de 6,1 por cento no mês em 1997.

O Dow Jones, por sua vez, avançou 5,8 por cento em janeiro. O Nasdaq registrou oscilação positiva de 4,1 por cento no período.

Investidores esperam agora um recuo nas ações, após os ganhos recentes, embora tenham saído às compras durante quedas nas últimas quatro semanas. O maior declínio diário no S&P 500 até agora em 2013 foi o de 0,39 por cento na quarta-feira, após dados mostrarem que a economia dos EUA contraiu no quarto trimestre de 2012.

Na sexta-feira, o governo vai publicar dados sobre folhas de pagamento não-agrícolas, que devem mostrar que o mercado de trabalho gerou 160 mil postos de trabalho em janeiro, após um crescimento de 155 mil em dezembro.   Continuação...