IPO da Bolsa de Moscou pode movimentar US$500 milhões

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013 13:34 BRST
 

Por Megan Davies

MOSCOU, 4 Fev (Reuters) - A Bolsa de Valores de Moscou pode estrear no mercado valendo 4,6 bilhões de dólares, com a oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), que pode movimentar 500 milhões de dólares, entre recursos novos para a empresa e para os acionistas vendedores, segundo a faixa de preço publicada nesta segunda-feira.

Principal praça de negócios da Rússia para ações, títulos, moedas e derivativos, a Bolsa de Moscou terá as ações listadas em seu próprio mercado, numa tentativa de revitalizar o mercado de capitais local e convencer outras empresas a fazerem o mesmo.

O incentivo ao mercado tem sido apoiado pelo Kremlin, em uma tentativa de transformar a capital russa num centro financeiro global. O presidente Vladimir Putin recentemente defendeu as privatizações futuras de ativos do governo.

Analistas alertam, porém, que será difícil quebrar a preferência das empresas russas por Londres ou Nova York, em meio ao ceticismo sobre os direitos dos acionistas na Rússia e à queda nos volumes de negociação.

A bolsa, formada em 2011 através da fusão de duas maiores bolsas de valores de Moscou, MICEX e RTS, definiu faixa de preço indicativo para sua oferta de 55 a 63 rublos. Isso faria a companhia valer entre 4 bilhões e 4,6 bilhões dólares. A precificação da oferta é esperada para 15 de fevereiro e a estreia das ações terá início no mesmo dia sob o símbolo MOEX.