ArcelorMittal vê recuperação modesta após prejuízo de US$3,7 bi

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013 08:22 BRST
 

BRUXELAS, 6 Fev (Reuters) - A ArcelorMittal, maior grupo siderúrgico do mundo, previu nesta quarta-feira uma melhora na demanda e em seus resultados em 2013 após queda no consumo de aço na Europa e desaceleração da economia chinesa levarem a empresa a um grande prejuízo líquido no ano passado.

A companhia informou que o consumo global de aço deve crescer 3 por cento neste ano depois de aumento de 2 por cento no ano passado, com aceleração na China e no Brasil, enquanto a fraqueza na Europa não será tão intensa quanto antes.

A empresa informou que espera que suas vendas de aço aumentem entre 2 e 3 por cento em 2013 e que as margens por tonelada melhorem levemente ao longo deste ano por causa de um plano de economia de custos.

A ArcelorMittal sofreu prejuízo líquido de 3,73 bilhões de dólares em 2012, principalmente como resultado de um impacto de 4,3 bilhões de dólares sofrido no quarto trimestre em decorrência de baixas contábeis no valor de seus negócios siderúrgicos na Europa e de custos de 1,3 bilhão de dólares causados por suspensão ou fechamento de usinas.

(Por Philip Blenkinsop)