TIM vê melhor rentabilidade e leve alta em investimentos em 2013

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013 14:19 BRST
 

Por Sérgio Spagnuolo

RIO DE JANEIRO, 6 Fev (Reuters) - A operadora móvel TIM deve ter um ganho de rentabilidade em 2013, com a melhora da receita de serviços e apesar da desaceleração nas vendas de aparelhos, em um ano no qual a empresa pretende investir um pouco mais por conta do 4G, disseram executivos nesta quarta-feira.

A segunda maior operadora móvel do Brasil teve alta 56,4 por cento na receita com aparelhos no quarto trimestre, enquanto a receita líquida de serviços avançou apenas 1,4 por cento --ante alta de 17,4 por cento no mesmo período de 2011.

"Há evidência que a gente hoje em dia está com um patamar de venda de aparelhos bastante alto, mas a gente não enxerga um crescimento nos próximos anos frente ao patamar de 2012", afirmou o diretor financeiro, Claudio Zezza, em teleconferência com jornalistas.

"Então, naturalmente, a margem vai crescer porque a receita de serviços vai crescer mais que a taxa de produtos", acrescentou o executivo.

Às 13h02, os papéis da empresa perdiam 1,71 por cento, a 8,60 reais, enquanto o Ibovespa caía 1,29 por cento.

Apesar de ser menos rentável, os investimentos em aparelhos são importantes para a TIM por aumentarem a difusão de smartphones em sua base de assinantes, o que, por sua vez, eleva também o rentável uso de dados.

Segundo o diretor de marketing da companhia, Roger Sole, a TIM tem conseguido melhorar sua receita média por usuários, um indicador de rentabilidade, desde o segundo trimestre do ano passado.

Sole citou também um ambiente regulatório difícil na segunda metade do ano passado e a queda da tarifa de interconexão VU-M, além de um quarto trimestre "atípico" por ter registrado uma brusca desaceleração na receita de serviços.   Continuação...