Investidores se retraem e índices fecham quase estáveis

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013 20:05 BRST
 

Por Caroline Valetkevitch

NOVA YORK, 6 Fev (Reuters) - As ações norte-americanas fecharam praticamente estáveis nesta quarta-feira, dando uma nova pausa ao recente rali que levou o S&P 500 a máximas em cinco anos, sob peso dos setores de transporte e tecnologia.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, teve variação positiva de 0,05 por cento, para 13.986 pontos. O índice Standard & Poor's 500 ganhou 0,05 por cento, para 1.512 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,1 por cento, para 3.168 pontos.

Ações relacionadas a transportes estiveram entre os papéis de pior desempenho na sessão, sob peso de uma queda de 9,7 por cento, para 60,50 dólares, na ação da CH Robinson Worldwide. Foi a perda percentual mais alta entre aqueles incluídos no Nasdaq 100, após a companhia anunciar lucro trimestral ajustado mais baixo do que o esperado.

Sem um forte impulso, o mercado pode enfrentar dificuldades para estender seu rali, dizem analistas. O índice S&P 500 avançou 6 por cento neste ano, atingindo seu maior nível desde dezembro de 2007, enquanto o Dow Jones superou recentemente os 14 mil pontos.

Analistas do Bank of America Merrill Lynch acreditam que um recuo no curto prazo é provável, baseado em fortes influxos acionários no início do ano, disse o estrategista acionário Dan Suzuki, do Bank of America Merrill Lynch em Nova York.

"Pelo fato de não vermos um desde novembro, não seria surpreendente ver um (recuo) agora", acrescentou.

Com a temporada de balanços do quarto trimestre aproximando-se do fim, o mercado vai perder um de seus grandes suportes, avaliou o analista de futuros e corretor Frank Lesh, da FuturePath Trading em Chicago. "Isso é uma coisa que tem sustentado o mercado", disse.

A ação da Time Warner avançou 4,1 por cento, para 52,01 dólares, após a companhia anunciar lucro trimestral maior do que as estimativas de Wall Street.