February 7, 2013 / 11:39 AM / 4 years ago

Expiração de patentes atrasa retorno ao crescimento da Sanofi

3 Min, DE LEITURA

PARIS, 7 Fev (Reuters) - A farmacêutica francesa Sanofi afirmou nesta quinta-feira o lucro deste ano pode cair, como resultado dos efeitos de expiração de patentes de seus medicamentos, decepcionando expectativas de retorno ao crescimento.

O grupo, que viu o lucro cair no ano passado diante da concorrência com genéricos mais baratos, afirmou nesta quinta-feira que o lucro deve ser estável ou 5 por cento menor este ano que em 2012, sob taxas de câmbio constantes.

"O mercado não estava esperando um declínio neste ano", afirmou o analista Philippe Lanone, do Natixis. "As tendências de receita são encorajadoras, mas a previsão de lucro por ação em 2013 decepciona."

A expiração da patente do medicamento para tratamento de coágulos Plavix, que já foi o segundo mais vendido sob receita do mundo, deve consumir cerca de 800 milhões de euros (1,1 bilhão de dólares) dos ganhos da empresa no primeiro semestre de 2013, segundo a empresa.

Apesar disso, o presidente-executivo da empresa, Chris Viehbacher, demonstrou otimismo.

"A partir de 1o de janeiro, a Sanofi é uma companhia realmente nova, com um conjunto completamente diferente de vendas e diferente estrutura", disse ele a jornalistas.

A Sanofi, que planeja ter 18 novos medicamentos no mercado até 2015, tem feito incursões em novas drogas vendidas sob receita.

Este ano, o tratamento para diabetes Lyxumia e a droga para câncer avançado de intestino Zaltrap foram aprovados na Europa, enquanto a Kynamro, que trata uma rara forma de colesterol alto, recebeu luz verde nos Estados Unidos.

Viehbacher, afirmou que, ao mesmo tempo em que a perda da patente do medicamento Plavix ainda irá pressionar os resultados do primeiro semestre, um novo capítulo está se abrindo para a empresa.

A Sanofi tem se voltado a mercados emergentes, vacinas, medicamentos que não exigem prescrição, tratamento veterinários e genéricos para reduzir sua dependência de medicamentos de grife, mais vulneráveis a cortes de orçamento dos governos e a cópias de fabricantes de genéricos.

No quarto trimestre de 2012, o lucro líquido excluindo itens como amortização e custos legais caiu 24,3 por cento, para 1,57 bilhão de euros (2,1 bilhões de dólares). As vendas no período subiram 0,2 por cento, para 8,53 bilhões de euros.

Analistas previam lucro de 1,54 bilhão de euros e vendas de 8,56 bilhões, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

Por Elena Berton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below