CEO da Eni é investigado sobre contratos da Saipem--fontes

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013 15:06 BRST
 

MILÃO, 7 Fev (Reuters) - O presidente do grupo italiano de petróleo e gás Eni, Paolo Scaroni, está sendo investigado no inquérito sobre contratos vencidos pelo grupo de serviços de petróleo Saipem na Argélia, disseram nesta quinta-feira duas fontes judiciais com direto conhecimento no assunto.

"O presidente está sob investigação no caso Saipem", afirmou uma das fontes à Reuters.

As fontes acrescentaram que houve buscas na casa e nos escritórios de Scaroni.

A Saipem, em que a Eni tem 43 por cento de participação, disse em dezembro que o então presidente-executivo Pietro Franco Tali tinha renunciado após ter vindo à tona que promotores de Milão estavam investigando encomendas que a Saipem tinha recebido na Argélia.

Às 14h31 de Brasília, as ações da Eni caíam 4,62 por cento, para 17,3 reais.

(Por Manuela D'Alessandro)