Abril Educação espera mais 2 a 4 aquisições neste ano

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 17:59 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 8 Fev (Reuters) - A Abril Educação planeja realizar mais duas a quatro novas compras de empresas neste ano, após ter anunciado nesta sexta-feira sua maior aquisição, afirmou o presidente da companhia, Manoel Amorim.

O grupo educacional e de sistemas de ensino, inclusive, já tem contratada uma linha de financiamento de 260 milhões de reais junto a Bradesco, HSBC e Itaú para eventuais novas transações.

"Espero que neste ano a gente vá fazer mais duas a quatro aquisições", afirmou Amorim em teleconferência com jornalistas, acrescentando que já tem "três ou quatro" empresas sob observação.

A companhia vai ficar atenta a compras de escolas próprias de nível básico, sistemas de ensino, outras escolas menores de ensino de idiomas ou empresas de tecnologia.

A Abril Educação anunciou nesta sexta-feira a compra da rede de ensino de idiomas Wise Up, por 877 milhões de reais.

Amorim explicou que, além de reforçar a estratégia da empresa em idiomas, o negócio terá um valor adicional relacionado à amortização de imposto de renda estimado em 250 milhões de reais ao longo de vários anos, por conta de um ágio no valor da compra relacionado a ativos intangíveis.

O grupo educacional e de sistemas de ensino pode também considerar uma oferta subsequente de ações como forma de dar mais liquidez a seus papéis, dependendo das perspectivas de novas aquisições.

"A gente está olhando para essa possibilidade também, mas ela depende da perspectiva de poder fazer mais aquisições, se a gente ver que é algo concreto, a gente pode considerar uma operação de follow-on (oferta subsequente de ações)", afirmou Amorim.

Ele não quis fornecer estimativas financeiras para 2013, mas afirmou que a empresa fechou o ano passado dentro da faixa estimada por analistas para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), ficando entre 250 e 280 milhões de reais.

"Vamos fechar 2012 dentro dessa faixa", complementou. A companhia vai divulgar os resultados do quarto trimestre e do fechado do ano em 11 de março.

(Por Sérgio Spagnuolo)