Seca cortará produção 2013/14 de açúcar da Índia abaixo do consumo

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013 13:38 BRST
 

MUMBAI, 11 Fev (Reuters) - A produção de açúcar da Índia na temporada 2013/14 deve cair para abaixo do nível de consumo pela primeira vez em quatro anos, à medida em que uma seca reduz a área de produção em três importantes Estados.

Essa redução pode causar uma alta nos preços globais do açúcar, com o maior consumidor mundial de açúcar importando a commodity a fim de manter seus estoques e para aproveitar os preços mais baixos no Brasil.

"Produtores em Maharashtra, Karnataka e Tamil Nadu estão mudando para outras culturas. Se nós observarmos os preços, a cana é atraente, mas não há água disponível", disse um executivo de uma empresa de comércio mundial em Mumbai, que não quis ser identificado.

Dados da Associação das Usinas de Açúcar Indianas (Isma, na sigla em inglês) mostram que o Estados de Maharashtra, Karnataka e Tamil Nadu devem produzir 12,2 milhões de toneladas, ou mais da metade da produção total da Índia, na temporada 2012/13, que termina em 30 de setembro.

A Índia, maior produtor mundial de açúcar após o Brasil, deve produzir um total de 24,3 milhões de toneladas de açúcar no atual ano, comparado com uma demanda de cerca de 23 milhões de toneladas.

O país, então, precisaria de importações para a próxima temporada, para manter os níveis de seus estoques iniciais para o ano que começa em 1o de outubro de 2014, disseram operadores.

"É difícil estimar a produção de açúcar no próximo anos. Depende da destinação de cana para a ração, das chuvas de monção e da taxa de recuperação", disse o executivo, que pediu para não ser identificado. "Neste momento, podemos dizer que entre 20 e 21 milhões de toneladas podem ser produzidas."

(Reportagem de Rajendra Jadhav)