Previsão da AIE sobre demanda reduz alta do petróleo

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013 11:06 BRST
 

LONDRES, 13 Fev (Reuters) - Os futuros do petróleo reduziram sua alta nesta quarta-feira depois que a Agência Internacional de Energia (AIE) cortou sua previsão de demanda, reduzindo o otimismo com a economia global, que havia ajudado a puxar os preços da commodity à máxima de nove meses na semana passada.

Um corte na projeção de demanda pela AIE, de 90 mil barris por dia fez com que o preço do petróleo recuasse da máxima do dia.

O primeiro contrato do Brent chegou a recuar 10 centavos, mas operava em alta de 7 centavos às 10h25 (horário de Brasília) a 118,73 dólares por barril, depois de ter atingido máxima intradia de 118,96 dólares, não longe da máxima de nove meses de 119,17 dólares registrada na semana passada.

Os futuros do petróleo nos EUA ganhava 38 centavos, a 97,89 dólares por barril.

A previsão baixista da AIE para 2013 contrastou com a da Opep, que disse que o consumo de petróleo cresceria em 840 mil barris por dia neste ano, 80 mil barris/dia acima do esperado.

A AIE também elevou sua previsão para crescimento da demanda, em 110 mil barris/dia para 1,05 milhão de barris/dia em 2013, colocando a demanda global em 90,2 milhões de barris por dia neste ano.

(Reportagem Simon Falush)