Economias da Alemanha e França têm queda no 4o tri

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013 07:52 BRST
 

Por Annika Breidthardt e Vicky Buffery

BERLIM/PARIS (Reuters) - As duas maiores economias da Europa, Alemanha e França, encolheram muito nos últimos três meses de 2012, sugerindo que a zona do euro aprofundou recessão. O resultado colocou em dúvida uma recuperação do bloco no primeiro trimestre deste ano.

A economia alemã se contraiu em 0,6 por cento no trimestre, mostraram dados oficiais nesta quinta-feira, marcando o pior desempenho desde o auge da crise financeira global em 2009. Já a França registrou retração de 0,3 por cento, também pior do que as expectativas.

Enquanto isso, a economia da Itália encolheu 0,9 por cento no quarto trimestre --sexto recuo trimestral consecutivo--, numa queda maior do que o 0,6 por cento esperado pelo mercado, segundo pesquisa da Reuters com analistas.

O desempenho das exportações da Alemanha - o motor de sua economia - foi a principal causa do encolhimento do Produto Interno Bruto alemão.

"No último trimestre de 2012, as exportações de bens diminuíram significativamente mais do que as importações de bens", informou a agência de estatísticas alemã em comunicado.

As revisões dos dados franceses mostraram que a produção do país caiu 0,1 por cento no primeiro e no segundo trimestres de 2012, ou seja, o país já estava experimentando um surto de recessão nos últimos doze meses.